You are currently viewing Esclarecimento sobre o termo “Administrador” ou “ADM”

Esclarecimento sobre o termo “Administrador” ou “ADM”

Com o advento das redes sociais, não é raro encontrarmos as expressões relacionadas ao Administrador, ou seja, indivíduo devidamente formado no curso de bacharel em Administração e registrado em conselho profissional, sendo utilizado em um contexto não próprio.

Frases como “administradores das redes sociais ou ADM” são amplamente difundidas hoje em dia e se referem a profissionais, muitas vezes de comunicação ou marketing, que gerenciam perfis profissionais de marcas, influencers, personalidades públicas ou artistas.

São esses os responsáveis pela produção de conteúdo, posicionamento de branding e  interação com o público. Desempenham um papel, sem dúvida, fundamental para os dias atuais, nos quais a vida acontece, em grande parte, no meio virtual. Porém, isso não significa que sejam Administradores.

Infelizmente, é comum vermos as empresas e até a imprensa utilizando, erroneamente, o termo Administrador para cargos, funções e pessoas que não o são. E isso não é de hoje. Está longe de ser um privilégio da internet. Pelo contrário… O deslize acontece também pelo senso comum.

Vamos lá: Administrador, ou ADM como muitas vezes é carinhosamente chamado, é aquela pessoa que cursou Administração e está devidamente registrada em Conselhos Regionais de Administração, presentes em todas as unidades federativas do Brasil.

A profissão é regulamentada pela Lei n.º 4.769, de 9 de setembro de 1965, que dispõe sobre o exercício da atividade. Para que alguém possa ser, devidamente, chamado de Administrador, é necessário muito estudo. No mínimo, um diploma aceito pelo sistema educacional brasileiro e anos dedicados para se tornar um Administrador qualificado e com conhecimento.

A capacidade de um bom administrador vai além de planejar, dirigir, organizar e controlar e a importância de tal profissional para a sociedade já foi, muitas vezes, comprovada. A Administração é uma ciência holística. O que significa que, do ponto de vista corporativo, permite visão e análise completas e integrais. E é exatamente o que garante a diferença. Mas, reforço novamente, que este é um processo que envolve muito estudo, preparação, formação e dedicação específicas.

Além disso, a Administração conta com um órgão responsável pela disciplina e fiscalização do exercício profissional, criado há mais de cinquenta anos. O Sistema CFA/CRAs é composto pelo Conselho Federal de Administração, situado em Brasília, no Distrito Federal, juntamente com os Conselhos Regionais de Administração, espalhados por todo o Brasil. Juntos, eles são responsáveis pela defesa e desenvolvimento da profissão do Administrador.

Portanto, é preciso cautela e conhecimento para se usar adequadamente o termo Administrador ou ADM para não correr o risco de cair em usurpações ou apropriações indevidas. Entende-se que eles são de uso exclusivo das situações explicitadas anteriormente. Sendo assim, o vocábulo mais adequado para essas situações genéricas seria gestor.

Administrador Rogério Ramos

Presidente em exercício do CFA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.