Mulheres e inovação: conquistas e desafios

Mulheres e inovação: conquistas e desafios

Não é segredo para ninguém que o lugar da mulher é onde ela quiser. Esse entendimento é fruto da luta feminina por equidade de gênero, que tem levado muitas mulheres a ocuparem espaços que, antes, eram dominados pelo público masculino. Para discutir essas conquistas e para a ampliação da atuação das profissionais de Administração no mercado de trabalho, a Comissão Especial ADM Mulher do Conselho Federal de Administração (CFA) realizará, de 24 a 26 de novembro, o III Fórum das Mulheres da Administração.

Em três dias de evento, o público terá a oportunidade de conferir debates com mulheres que estão fazendo história na ciência, inovação, política e empreendedorismo. No segundo dia do Fórum, por exemplo, um time de peso formado por quatro mulheres falará sobre “Inovação”. Farão parte desse painel a empreendedora, escritora, financista e mentora co-founder na Orfeu Produções, Sabrina Quântica; a sócia–diretora da Divisão Internacional da Ability na Europa, a administradora Cláudia Tinoco; a Raquel Boechat, que é empreendedora há mais de 21 anos e sócia de empresas e projetos no Brasil e no Canadá; e a fundadora da Intera e administradora Paula Moraes.

Sabrina Quântica é uma das palestrantes do painel Mulheres e Inovação, que acontecerá no segundo dia do III Fórum das Mulheres da Administração.

Segundo Sabrina, apesar dos avanços, ainda é pouca a participação feminina em atividades de inovação, ciência e tecnologia. “A velocidade, bem como a concretização de uma mudança no sistema depende muito mais das mulheres do que dos homens. Não no sentido de culpa ou responsabilidade, mas no sentido de entendermos a grandiosidade do nosso poder e de fato fazermos o que é preciso: desde uma mudança de mindset e mudança de postura, até a criação das novas gerações de homens e mulheres, que, de certa forma, passarão por nossas mãos”, explica.

Claudia concorda com Sabrina. Para ela, a participação feminina ainda não é tão expressiva na área de tecnologia e ciências pelas diferenças cognitivas, de aprendizagem e afinidade com a área de ciências exatas. “Temos uma participação maior nas áreas sociais e de humanidades em geral. Nas ciências exatas, como física,  engenharias, computação, matemática, entre outras, o nosso interesse  ainda é baixo”, comenta a administradora.

Para transpor com esses desafios que, segundo ela, atingem todas as mulheres no mundo dos negócios, é preciso enfrentar o sexismo e a discriminação de estereótipo de gênero. “É importante também estimular a resiliência e desenvolver maior aprendizado para competências numéricas, objetivando maior e melhor representatividade feminina  no ranking global de liderança”, defende Cláudia.

Muitas mulheres que rompem barreiras são rotuladas. Sabrina conta que elas passam por situações constrangedoras e são apelidadas com termos pejorativos. “Este é um exemplo clássico de uma sociedade toda adoecida mentalmente, o que é diferente é rechaçado. O que brilha, tentam apagar. E é muito mais fácil tentar apagar o brilho de alguém que se dispõe a fazer algo inovador do que sair da própria zona de conforto e se colocar em patamares mais altos”, lamenta a empreendedora.

A fim de ajudar outras mulheres, Sabrina criou do Método Musa Inspiradora, focado no desenvolvimento emocional de mulheres. Ela se define como uma mulher com “M” maiúsculo. “Quem me disse isso? Eu mesma!”, diz aos risos. A frase é usada por ela para chamar a atenção do público feminino. “O Método Musa Inspiradora é mais do que uma forma de ensinar o resgate do poder que há em cada uma. É ensiná-las a entender que as correntes que as aprisionam são mentais. Isto mesmo! Apesar de muitas mulheres sofrerem fisicamente e terem muitas histórias tristes de opressão e violação física, e com exceção daquelas que são privadas fisicamente da liberdade, o que as mantém em determinadas situações é completamente emocional”, detalha.

De acordo com Sabrina, as mulheres lutam a todo momento para agradar, serem as melhores em tudo, para mostrar o valor próprio, para lidar com as emoções e muitas vezes não fazem a mínima ideia do que há por trás de todas as escolhas que fazem e emoções que sentem. “Há crenças limitantes, padrões, auto sabotadores e experiências mal resolvidas que as fazem ficar perdidas em uma grande bolha sem forças para agir. E é aí que entra meu método. Eu aprendi como dominar minhas emoções, aprendi a equilibrar minhas energias feminina x masculina e libertei meu poder. Daí surgiu o Método Musa Musa Inspiradora, para que muitas mulheres consigam se transformar em sua própria inspiração”, fala.

Sobre o evento

O III Fórum das Mulheres da Administração é gratuito e voltado para as profissionais e estudantes de Administração, mas mulheres de outros segmentos também poderão conferir o evento. O Fórum será totalmente on-line, com transmissão ao vivo pelo CFAPlay – canal do CFA no Youtube. O evento acontecerá de 24 a 26 de novembro, das 19h às 21h.

Serão emitidos certificados de participação com carga horária de três horas por noite, a todos que participarem, inclusive painelistas e palestrantes.

Sobre as palestrantes

Claudia Tinoco

Sócia–diretora da Divisão Internacional da Ability na Europa. Administradora, empreendedora e empresária, com pós-graduação em Economia, MBA Desenvolvimento de Executivos – Gestão de Pessoas pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Iniciou mestrado na Universidade do Porto, certificada em Formação de Executivos e em Coaching Clinic. Experiência de 28 anos em RH, desenvolvendo projetos de relevância na área de Carreira e Sucessão, Aposentadoria, Career Change, Assessment, Recrutamento e Seleção, Programas de Performance, Outplacement, bem como Projetos de Remuneração e Benefícios. Experiência na área pública e privada, conduzindo projetos em empresas nacionais e multinacionais. Palestrante de diversos temas relacionados à carreira e a processos de Relocation e Imigração para Portugal e outros países da Europa. Atualmente dirige a Divisão Internacional da Ability na Europa, tendo como missão estimular as pessoas a realizarem os seus sonhos.

Raquel Boechat

Raquel Boechat é empreendedora há mais de 21 anos, sócia de empresas e projetos no Brasil e no Canadá. Atua com comunicação e estratégia de negócios, no fortalecimento da imagem positiva, reputação e conexões entre lideranças e empresas. É jornalista, com MBA em Gestão de Negócios e formação em Negociação pela CMI Interser em Harvard/ EUA. É consultora e mentora profissional de lideranças com interesse em mercados internacionais para redesenhar seus negócios e comunicação com visão global e startups a ingressarem em uma aceleradora e se posicionarem no mercado canadense. Ingressou como residente no Canadá por meio do startup Visa Business Class, programa de imigração que incentiva empreendedores que atuam com inovação. Atualmente, em parceria com escritórios especializados em imigração, auxilia outros empreendedores a seguir a mesma trajetória.

Foi professora de comunicação durante 4 anos na PUCRS, maior universidade privada do Brasil, além de participar como professora convidada de cursos de pós-graduação de outras instituições. Finalista do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. Integra o Conselho editorial da Revista Educação do SINEPE-RS e faz parte da comissão regional da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial – Abracom, no Rio Grande do Sul, onde atuou como diretora de 2013 a 2016. Antes de empreender, atuou na comunicação do Grupo Gerdau e na redação do jornal Zero Hora, no Grupo RBS.

Paula Morais

Fundadora da Intera, HRTech de recrutamento que abastece empresas em todo o país, como iFood, QuintoAndar, Creditas, VTEX, Kroton, Boticário, Itaú, Ambev, TOTVS, Via Varejo,  Gerdau, entre muitas outras.  Paula é formada em Administração pela Universidade Federal da Bahia e é líder na comunidade de bolsistas da Fundação Estudar. Iniciou sua carreira no varejo on-line, atuando como profissional de marketing digital; empreendeu o primeiro marketplace de aluguel de itens no Brasil, e teve passagens como consultora em diversos negócios digitais. Incomodada com a escassez de profissionais qualificados no mercado, chegou a dar início a uma escola de tecnologia no Nordeste formando turmas de Desenvolvimento Web, que em pouco tempo se tornou a Intera, empresa de recrutamento digital para empresas inovadoras.

Sabrina Quântica

Pós-graduada em Física Quântica e Estudos da Mente Humana e pós-graduada em Gestão Cultural. Empreendedora, escritora, financista, mentora co-founder na Orfeu Produções. Criadora do Método Musa Inspiradora, focado no desenvolvimento emocional de mulheres. Atuou durante sete anos como líder e mentora em grandes corporações. Há 10 anos atua como mentora profissional e pessoal com foco na evolução humana e na alta performance. Palestrante, Idealizadora e coprodutora de milhares de palestras com tema propósito, motivação e liderança.

Ana Graciele Gonçalves

Assessoria de Comunicação CFA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.