Evento online do CFA atinge 39 mil visualizações em dois dias de programação

Evento online do CFA atinge 39 mil visualizações em dois dias de programação

Evento online do CFA atinge 39 mil visualizações em dois dias de programação

Um evento para ficar na história do Sistema Conselhos Federal e Regionais de Administração, assim foi os dois dias de imersão da II Jornada Acadêmica de Administração. Uma programação incrível – que contou com 23 horas de transmissão, 32 convidados, entre palestrantes e painelistas, e 39 mil visualizações no canal do CFAPlay, no Youtube.

“Obrigado CFA por essa oportunidade de capacitação, especialização e conhecimento da área de administração. Cada dia mais apaixonado por essa profissão”, disse Matheus da Silva, participante da Jornada Acadêmica de Administração.

Palestras

A Jornada contou com uma diversidade de temas na programação do evento, veja os destaque das palestras apresentadas no período da noite dos dias 18 e 19, terça e quarta-feira desta semana.

Gestão de Mudanças: Desafios da Gestão de Pessoas”, o assunto foi tratado pelo autor e pesquisador de temas ligados à gestão de pessoas, Marcelino Tadeu de Assis. Para ele, a gestão de mudança é um dos papéis talvez mais nobres do profissional que lida com Recursos Humanos e o clima Organizacional.

“Diante de tantas ideias possíveis, nós poderíamos dizer que gestão de mudanças é esse conjunto de processos, estratégias e atividades que suportam transições e mudanças individuais, coletivas e organizacionais”, afirmou Assis em sua palestra.

O vice-presidente corporativo do Instituto Ayrton Senna, Ewerton Fulini, e a administradora e analista da Fiocruz, Elaine Lúcia, também estiveram presentes na segunda edição da Jornada – tratando da liderança do futuro e o pensamento semelhante ao recrutador, respectivamente. Ambos os palestrantes interagiram com o público, respondendo cada questionamento apresentado por meio do chat da transmissão.

As apresentações de cada um deles estão disponíveis no CFAPlay. (Clique aqui).

Ainda tem mais!

O painel “Qualificação profissional como diferencial competitivo!” contou com a participação do analista de Gestão de Pessoas do Sebrae/TO, Amaggeldo Barbosa; o vice-diretor de Formação Profissional do CFA, Mauro Leonidas; e mestre em administração e consultora em Recursos Humanos, Rose Navajas.  Em uma hora de discussão, os convidados trataram sobre a importância da capacitação sob o ponto de vista de inserção no mercado de trabalho, a concorrência entre aqueles que possuem ou não certificação na carreira, e o que o Sistema CFA/CRAs oferece como profissionalização à classe.

Mas não para por aí. O último painel apresentou, ainda, a  necessidade do equilíbrio para compreender onde se espera chegar e como conquistar o objetivo pretendido. Inicialmente o assunto foi debatido pela trainee BRF, Mariana Silveira, que dividiu experiências vivenciadas na graduação – e que a levou a passar no processo seletivo da empresa com mais de 17 mil concorrentes.

“Desistir nunca foi uma opção. A lição que eu quero deixar é que a gente pode e é capaz, e cada vez que a gente não desiste – estamos está mais perto do nosso sonho e objetivo”, afirmou Mariana Silveira.

Em seguida, o assunto foi debatido pela  psicóloga clínica e hipnoterapeuta com especialidade em ansiedade, Fernanda Abreu. Para ela, refletir sobre a produtividade e deixar claro onde se quer e deve chegar, é um ponto crucial no desenvolvimento do futuro profissional.

“Tudo que você ouviu aqui – em cada palestra e painel – não vai mudar a sua vida por inteiro – a não ser que vocês possam calcular e compreender todo e qualquer movimento que será dado a partir de agora. Ou seja, o primeiro ponto de equilíbrio é claro: seja responsável por todas as suas atitudes e tenha claro onde você precisa chegar”, concluiu a psicóloga.

As palestras do dia 19 também estão disponíveis no CFAPlay. Não deixe de conferir! (clique aqui).

Paulo Melo
Assessoria de Comunicação CFA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.